sábado, 1 de janeiro de 2011

O Grande Mestre

A história do mestre de Bruce Lee

            O filme é baseado na vida de Yip Man, o mestre de Kung Fu de Bruce Lee.  Pode-se dividi-lo em duas partes.
            Na primeira mostra a vida de Yip Man em seu cotidiano.  Ele é herdeiro de uma família rica, por isso não trabalha.  Seu tempo é dividido entre seu filho, sua esposa e o treinamento do seu estilo de Kung Fu, o Wing Chun, com o qual não perdeu nenhuma luta.  Sua vizinhança é cheia de academias de Kung Fu, mas ele se recusa a abrir uma. O filme não mostra, mas isso se deve a um pacto com seu antigo mestre de não ter discípulos (veja o link da biografia).
            Sua invencibilidade é novamente testada quando um grupo de lutadores chega à cidade querendo abrir um dojo (academia).  Para ganharem credibilidade, o líder deles desafia e vence os mestres locais.  Mas descobrem que só conseguiram o devido respeito se vencerem Yip Man.   Este é forçado a aceitar e novamente vence, aumentando o respeito da cidade por ele e o interesse de muitos em ser seus discípulos.
            Na segunda parte mostra a cidade já arrasada com a 2ª Guerra Mundial e a invasão e opressão do exército imperial japonês.  Yip Man perde sua casa e sua fortuna, tendo que trabalhar para não passar fome.  
            Aproveitando-se da fome do povo, o comandante japonês faz uma espécie de torneio local entre os chineses e os japoneses.  Se o chinês vencer, ganha um saco de arroz.  Numa dessas lutas um mestre conhecido de Yip Man é covardemente assassinado, o que o irrita e o faz desafiar e derrotar dez japoneses de uma só vez.  Mas não aceita o prêmio.  Pega apenas o saco de arroz que seu amigo tinha ganhado e entrega a família deste.
            Esta vitória impressiona o comandante japonês, que passa a insistir com Yip em um desafio pessoal.  Ele se recusa, mas a opressão dos japoneses o força a aceitar.
           
            Normalmente os filmes de artes marciais possuem boas cenas de lutas inverossímeis e um enredo fraco, que serve apenas de desculpa para as lutas.
            Este filme é diferente.  Tem um enredo com uma boa dose dramática sem deixar de lado as boas cenas de lutas.  E apesar dele ser baseado em fatos reais, com certeza as lutas não são. Mas os exageros até que foram bem contidos.
                       


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário